O governador Carlos Moisés concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, 22, sobre a decisão da justiça de encaminhar o processo que apura o procedimento de compra de respiradores pelo Governo do Estado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ)

Na conversa com jornalistas na Casa D’Agronômica, o governador afirmou que não teve nenhuma participação nos trâmites da compra e que vai pedir agilidade nas investigações.

“O governador e o cidadão Carlos Moisés da Silva têm interesse que a verdade venha à tona o quanto antes possível. Eu tenho uma história ilibada como homem público, a justiça e o cidadão catarinense sabem quem eu sou. Estou absolutamente tranquilo de que a própria justiça com a envergadura que tem trará a verdade sobre os fatos, e eu me empenharei pessoalmente para que isso ocorra de maneira célere”, afirmou Carlos Moisés.

Durante a entrevista, o governador destacou as medidas de enfrentamento à pandemia de coronavírus que incluíram, principalmente, o decreto de isolamento social de forma antecipada e o reforço da rede pública de saúde, incluindo a necessidade da compra de respiradores.

“Nós sabíamos que seria necessário comprar os equipamentos, mas não é atribuição de um governador indicar como e de quem. No primeiro indício de irregularidade, foi o próprio governador quem determinou sindicâncias e a ação policial para apurar as responsabilidades”, frisou o governador.

Por fim, o governador destacou que Santa Catarina tem comprovadamente- a melhor gestão de combate à Covid-19 no Brasil, e reforçou que o Governo seguirá firme no enfrentamento da pandemia e no objetivo de fazer entregas aos catarinenses em todas as regiões.

“Este é o nosso compromisso com Santa Catarina em todas as situações: trabalho e austeridade com o dinheiro público. Não abriremos mão deste posicionamento”, finalizou.

Fonte: Secretaria de Estado de Comunicação – Secom
#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here