Amândio João da Silva Júnior não é mais secretário da Casa Civil, pois acaba de ser exonerado pelo chefe, o governador Carlos Moisés

Os motivos estão no seu envolvimento da fatídica compra dos 200 respiradores pagos adiantados por 33 Milhões e não entregues. A CPI encontrou seu envolvimento no episódio, e por isso a “liberação” para que se defenda.

Aliás, é o terceiro secretário a cair por conta do escândalo, que promete ainda “fortes emoções “.

Quem viver, verá…

Fonte: Governo de SC
#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here