O problema é que os consumidores não tiveram aumento salarial neste percentual nos últimos anos.  Ao contrário, milhares deles perderam o emprego ou estão com salários reduzidos pela pandemia

A Celesc anunciou nesta terça-feira, 18, um aumento de 8,42% no valor da tarifa do Grupo B – Baixa Tensão. Este grupo representa 79% do mercado consumidor. O novo tarifário será aplicado no período 22 de agosto de 2020 a 21 de agosto de 2021.

Aumento generalizado

O Grupo B é formado por consumidores residenciais, residenciais baixa renda, rurais, iluminação pública e comércio. Para o Grupo A – Alta Tensão, indústrias e unidades comerciais de grande porte (como shopping centers), o efeito médio do reajuste será de 7,67%.

Celesc queria 15,52%, mas…

Segundo a Celesc, “o valor do reajuste tarifário de maneira ordinária ficaria em 15,52% originalmente, em razão de impactos decorres de itens não gerenciáveis pela Distribuidora, tais como elevação de custos com encargos setoriais, aquisição de energia, com destaque para a compra de energia da usina de Itaipu precificada em dólar, e pelos custos com transmissão de energia”.

Fonte: Celesc

Fotos: Barão/divulgação

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here