================

Igreja vermelha

Mesmo com o fim da era PT e suas ramificações como o MST, a Igreja Católica insiste em fazer discursos radicais, dando guarida ao “grito dos excluídos’. Ainda bem que a Pátria voltou a ser Verde Amarela.

================

Siga o líder

Com a decisão de Delfes de não concorrer, ficou aberta a liderança na corrida por uma cadeira na Câmara. Quem são os três na sua opinião?

================

Saudades de Brasília

Nunca vi tanto desinteresse em participara de uma campanha como o que acontece com a nossa deputada Carmen. Até parece que está com o pé fincado em Brasília e tem medo de vir para a disputa.

================

Vou de kombi

Passear de kombi durante quatro anos é muito pouco, ou quase nada, para uma pretensão maior, sem falar no discurso, que vai encarar de frente. Você já viu alguém encarar de costas?

================

Leitura obrigatória

Tá ficando irritante essa obrigação dos noticiosos em ler uma bateria de números da covid. Até parece que alguém consegue decorar aquele livro de matemática. Se liga, meu…

================

Cada um no seu quadrado

Essa de mandar tombar o Cine Marrocos demonstra claramente que não são apenas os candidatos que desejam ser prefeito. Até parece que outras esferas de poder sonham em ser Executivo.

================

 

#BlogdoBarão

3 COMENTÁRIOS

  1. Prezado Barão,
    A igreja não é “vermelha”, não é “azul”, não é “amarela”, mas como dizia o Papa João XXIII em 1962: “A Igreja é a Igreja de todos, mas hoje, mais do que nunca, ela é a Igreja dos pobres”, ou seja, dos excluídos. (e não é só no Brasil, mas no mundo).
    E isso tem um motivo simples, as palavras do próprio Jesus Cristo em muitas passagens do Evangelho, mas eu destaco uma (Mateus 25, 34-40):
    34 – Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo!
    35 – Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me rece­bestes em casa;
    36 – eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar’.
    37 – Então os justos lhe perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber?
    38 – Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos?
    39 – Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?’
    40 – Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!’

  2. Hoje quem grita pelos excluídos? Já procuraram saber o que significa do MST de verdade? Quanto a bandeira vermelha devemos deixar o “ostracismo” de lado.
    Quando entendermos a Revolução Francesa iremos entender o MST, movimento que produz hoje no Brasil alimentos saudáveis, consumido pela elite (8 entre 10 pessoas), precisamos nos informar melhor e não jogar o senso comum para as pessoas, como nossos atuais governantes fazem.
    Infelizmente estamos sendo escravos da desinformação, que nos leva ao pior dos mundos.

Deixe uma resposta para ANTONIO F ALVES Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here