Temos novos casos porque tivemos oferta maciça de novos hospedeiros, que são os jovens que não vão as aulas, mas vão aos bares lotados. Falta é disciplina e respeito, diz o microbiologista Caio Salvino

  1. Aumento de casos:

As palavras são AGLOMERAÇÃO e DESPROTEÇÃO. Culpa do feriadão? Não! A culpa é das PESSOAS. A explicação se dá pela oferta de novos hospedeiros ao vírus, que fez a festa em quem o desprezou e foi pra festa.

Bares LOTADOS, ambientes fechados e sem circulação de ar, ausência de distanciamento e de uso de máscara tem sido o causador desse problema.

Nada justifica Lockdown. O prefeito está CERTO em manter a vida da cidade. Quem está errado? O POVO, que insiste em desafiar o perigo como um equilibrista em um abismo.

  1. Aumento de atendimento no CT TITO:

Isso é fruto da nova (não tão nova assim) recomendação do ministério da saúde e das secretarias de estado e municipal de saúde: PROCURE ATENDIMENTO MÉDICO NO INÍCIO DOS SINTOMAS para que possa ser tratado(a) no momento certo – o termo usado no alerta do governo de SC é “tratamento precoce”.

Com isso, a população sente sintomas de resfriado ou gripe e vai pro Tito. Estão CORRETOS! Não pode perder tempo! Esse vírus NÃO DÁ PRAZO! Perdeu tempo, piorou, falta de ar? Paciente já está inflamando e pode já ser tarde. Portanto, a realidade é essa mesmo.

Dr Caio Salvino

==============

Texto: Caio Salvino, farmacêutico bioquímico e microbiologista clínico, diretor e responsável técnico pelo Laboratório Saldanha.

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here