Foi parar na Justiça uma das vagas na Câmara de Vereadores de Lages, pois segundo os advogados de David Moro (MDB) ele teria 23 votos a mais no coeficiente partidário e deixaria de fora Gerson dos Santos (PSD)

Diplomação adiada

É tanto que o Juiz da Junta Eleitoral Dr Sílvio Dagoberto Orsatto adiou para dia 18 a diplomação dos vereadores de Lages, já que o candidato David Moro entrou na Justiça pleiteando a vaga.

Como se sabe, nesta eleição mudou a regra, não havendo mais a coligação na proporcional. Porém tem a questão do “coeficiente partidário” que é o número de votos do partido e que determina quantas cadeiras teria com base na quantidade de votos.

Recontagem

A conta é tão complicada que pelo que o Blog apurou, o magistrado lageano remeteu a questão para que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SC), decida quem são os 16 eleitos em Lages.

 

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here