Foi só o Joinha assumir o Desenvolvimento Econômico e as coisas começaram a acontecer. Tanto que nesta semana o prefeito Ceron recebeu os sócios da Indústria e Comércio de Molduras Santa Luzia, de Braço de Norte

Cronograma

O diretor Gilberto Luiz Zanette e o CEO Marcos Effting Zanette apresentaram ao prefeito a planta do parque fabril da empresa. O cronograma de implantação do projeto prevê início das obras em janeiro de 2021, conclusão em dezembro deste ano e começo da operação em janeiro de 2022.

Pedido

Os empresários solicitam uma área de 100 mil m² (dez hectares), infraestrutura de rede elétrica e local com acesso à rodovia BR-282 ou BR-116  sendo que dessa área estarão distribuídos 18 mil metros de área construída, 22 mil metros de depósitos, dez mil metros para estacionamento e 50 mil metros para área destinada a tratamento paisagístico.

200 vagas

A empresa pretende investir R$ 40 milhões na primeira fase e promete abrir 200 postos de trabalho, bem como mais 80 vagas indiretas.

Atuação

Atualmente a preparação da madeira está em Curitibanos, o acabamento e expedição em Braço do Norte e tem florestas em Bom Retiro e Alfredo Wagner. Atualmente as atividades estão em Braço do Norte, Bom Retiro e Curitibanos.

 

Produção em Lages

“O planejamento é trazer a estrutura da produção de madeiras para Lages justamente pela proximidade e abundância de florestas de matéria-prima, centralizando a operação com todas as etapas de produção”, observou o CEO, Marcos Zanette.

Quem é a empresa:

 

Fonte: Gabinete do Prefeito / Ind e Com Santa Luzia

#BlogdoBarão

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here