Agora é aguardar a chegada da vacina no estado para que ocorra a distribuição até os municípios. “Logo iniciaremos a imunização com agilidade e segurança”, afirmou Ceron logo após a aplicação da primeira vacina contra a covid, em SP, neste domingo

LAGES ESTÁ PREPARADA PARA A VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19

A Prefeitura de Lages, através da Secretaria Municipal da Saúde está com tudo pronto para iniciar a vacinação contra a Covid-19 e aguarda os próximos encaminhamentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde, inclusive para sabermos a quantidade de vacinas que Lages receberá e quando de fato poderemos iniciar a imunização.

Na primeira fase a previsão é imunizar em Lages *aproximadamente 12 mil pessoas dos grupos prioritários* definidos pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde. Temos estoque de seringas e agulhas, por conta do planejamento que iniciou em setembro do ano passado.

*Importante:

para a vacinação será imprescindível que as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários apresentem o Cartão SUS para receber a imunização contra a Covid-19.

Se você está nos grupos prioritários para vacinação e porventura precisa emitir nova via do Cartão SUS, poderá procurar as Unidades Básicas de Saúde ou a Policlínica Municipal das 7h às 19h de segunda a sexta-feira, ou então baixar gratuitamente o aplicativo para celular *Conecte SUS*.

Primeira vacina no país

Mônica Calazans, 54 anos, enfermeira na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo, foi a primeira brasileira a receber a vacina contra a Covid-19, assim que a Anvisa divulgou a aprovação emergencial da Coronavac e da vacina de Oxford.

Ela recebeu a primeira dose da Coronavac, desenvolvida pela chinesa Sinovac em parceria, no Brasil, com o Instituto Butantan. Mônica pertence ao grupo de risco, ela é obesa, hipertensa e diabética.

Politização da vacina

Após ser imunizada, a enfermeira recebeu do governador João Doria um selo simbólico com os dizeres “Estou vacinado pelo Butantan” e uma pulseira com a frase “Eu me vacinei”. A aplicação foi feita no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).


Fonte: CNN e Gabinete Prefeito
#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here