Quem assistiu a coletiva do governador Moisés depois que retornou ao cargo, na tarde de ontem ficou sem entender bem o que ele quis dizer, expressamente, quando disse que chamou o secretário da Saúde, André Motta ribeiro para “consertar” o que foi feito e recuperar o tempo perdido

O anúncio de volta dos secretários envolve o retorno de nomes como o ex-secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, que estava na coletiva desta sexta. Ele vai substituir a deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania), que conduziu a pasta nos últimos 40 dias a convite da então governadora interina Daniela Reinehr (sem partido).

Outros nomes que retornam ao governo são o do ex-secretário da Fazenda, Paulo Eli, e da Administração, Jorge Eduardo Tasca. Eron Giordani, na Casa Civil, e Luciano Buligon, no Desenvolvimento Econômico e Sustentável, também serão nomeados novamente para os mesmos cargos.

– Precisamos retomar a direção do Estado para continuar as políticas públicas que desenvolvemos até aqui. Infelizmente essa parada nos tira um pouco dessa velocidade, mas queremos agora correr atrás do tempo perdido e fazer com que isso ocorra da forma mais rápida possível – projetou.

Moisés assinou ainda na sexta-feira um ato em que exonera 14 servidores do primeiro escalão indicados por Daniela e nomeia novamente os que já faziam parte de seu governo até o afastamento (confira a lista abaixo).

Foto: Secom/divulgação

Fonte: NSC Total

Moisés confirma volta de secretários ao governo após impeachment dos respiradores: “Tempo perdido”

Governador admitiu que períodos de afastamento “tiram um pouco da velocidade”, mas prometeu buscar recuperação das ações

07/05/2021 – 16h54 – Atualizada em: 07/05/2021 – 20h15

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here