Um meteoro que explode no ar foi flagrado cruzando o céu da cidade de Otacílio Costa, em Santa Catarina, a 49,9 quilômetros de Lages, às 22h32 de sábado (28). O fenômeno foi registrado pelas câmeras do Observatório Heller & Jung, do astrônomo Carlos Fernando Jung, localizadas em Taquara/RS

Segundo Jung, o astro entrou na atmosfera terrestre a 91,4 quilômetros de altitude e, ao longo de apenas 1,4 segundos, percorreu 14,5 quilômetros em direção ao solo antes de finalmente explodir. Ele tinha a magnitude, ou seja, brilho aparente, igual a -4,8, o que é o suficiente para que seja considerado um bólido.

“São caracterizados como bólidos quaisquer meteoros que explodam no ar, como é o caso do meteoro registrado no sábado, e que tenham uma magnitude igual ou superior a -4. Bolas de fogo, por sua vez, são aqueles meteoros tão brilhantes quanto os bólidos, mas que não terminam de forma explosiva”, afirma.

Ainda de acordo com Jung, o corpo celeste em questão é proveniente de uma chuva de meteoros chamada Beta Gruids, que é pequena em comparação com outros fenômenos do tipo e não é muito conhecida. A constatação veio a partir da análise de um banco de dados disponibilizado por um software, que reúne diversas informações sobre todas as chuvas já descobertas.

 

Fonte: R7 Notícias / Notícias Vale Regional

#BarãoOnline

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here