Um breve relato sobre o casarão da Família Costa, que foi destruído pelo fogo na manhã de sexta-feira (14), em Lages. De acordo com o advogado Rafael Araújo da Costa, nessa casa morou seu bisavô Otacilio Costa, minha bisavó Adélia. Moraram quando criança seus filhos, dentre eles seu avô Cincinato (que plantou o Pinheiro que tem nos fundos e lembrava com carinho dos caquis do jardim). A casa passou depois a ser propriedade do seu irmão Dr. João Costa que fez a ampliação da garagem com a biblioteca/escritório sobre ela.

Portanto, um patrimônio de uma das famílias mais tradicionais de Lages, tanto que Otacílio Costa deu origem ao município vizinho, enquanto seu filho João foi homenageado com o nome da praça central.

Otacílio Vieira da Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Otacílio Vieira da Costa (Lages, 2 de dezembro de 1883 — Lages, 13 de setembro de 1950) foi um advogado provisionado, jornalista e político brasileiro.

Filho de João José Teodoro da Costa e de Ana Domingues Vieira da Costa. Casou com Adélia Ramos da Costa (filha de Belisário José de Oliveira Ramos), com quem teve sete filhos, entre eles Belisário Ramos da Costa e Licurgo Ramos da Costa.

Foi prefeito de Lages, de 1911 a 1914 (interino) e de 1923 a 1926 e deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina na 7ª legislatura (1910 — 1912), na 8ª legislatura (1913 — 1915), na 12ª legislatura (1925 — 1927), e na 13ª legislatura (1928 — 1930).[1]

O município de Otacílio Costa é assim denominado em sua homenagem.

 

Fonte: Rafael Araúdo da Costa, Wikipédia

Fotos: 5° BBM

#BarãoOnline

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here