Mortes mais recentes foram de dois idosos, de 71 e 61 anos, que não haviam recebido o imunizante contra o coronavírus. Foram três óbitos relacionados ao coronavírus nos primeiros 14 dias de 2022 em Blumenau.

Todas as três mortes que aconteceram por conta da Covid-19 em Blumenau nos 14 primeiros dias deste ano foram de pessoas que não haviam tomado a vacina contra o vírus. A informação foi confirmada por fontes ligadas à Secretaria Municipal de Saúde. No fim desta semana a prefeitura já havia publicado nas redes sociais a informação de que 80% dos internados em UTI não tinham recebido o imunizante.

No último boletim, divulgado na noite desta sexta-feira (14), Blumenau confirmou a segunda morte por Covid-19 em 2022, de uma idosa de 71 anos que estava internada desde o dia 8 de janeiro. A informação é de que ela não tinha tomado a vacina. Poucas horas depois, outro idoso, desta vez de 61 anos, veio a óbito na cidade, também sem registro de imunização.

Esses dois casos interromperam uma sequência de seis dias sem vítimas fatais do coronavírus na cidade.

Além dessas duas mortes, Blumenau também havia confirmado o óbito de um jovem de 23 anos no último dia 7. Ele ficou seis meses internado em UTI e, por conta disso, nem sequer teve tempo de receber a vacina contra a Covid-19. Foi o primeiro óbito registrado no município relacionado ao coronavírus em 2022.

Especialistas apontam o avanço da vacinação e a baixa letalidade da variante Ômicron como possíveis responsáveis por esse cenário de baixa nas hospitalizações. Eles são unânimes, porém, em dizer que ainda é cedo para comemorar e que é preciso aguardar mais algumas semanas para entender, de fato, o resultado dessa explosão de infecções.

 

Fonte: NSC Total

Foto: Ricardo Wolffenbüttel, Divulgação, BD

#BarãoOnline

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here