domingo , Fevereiro 18 2018

Tortenhouse

 

SEMASA TOPO

 

posto sam rotativo

Home / Economia

Economia

Restaurante La Central tem Festival de Trutas

A Agência #BM3ComunicaçãoCriativa esteve presente como convidada especial para o almoço da Imprensa no mais novo estabelecimento de gastronomia de Lages, o Restaurante “La Central”, anexo ao Grande Hotel Lages, e que estará oferecendo todos sábados o festival de Trutas, em parceria com a Belo Peixe.

Fotos: Henrique Belling

Sábado tem: Feirinha de Arte/Artesanato na Joca Neves

Está aberta a temporada de 2018 das Feirinhas de Arte e Artesanatos da Praça Joca Neves. A primeira é sábado

A Feirinha de Artes e Artesanatos da Praça Joca Neves, Concha Acústica de Lages inicia suas atividades em 2018 com  sua 13ª edição que se realizará neste sábado, dia 10 Fevereiro, das 10h as 19h

Com mais de 20 expositores das mais variadas técnicas de artesanato, em madeira, vime, patchwork, serigrafia, crochê, tricot, pintura, molduras, quadros, decoração, moveis e moda alternativa, brinquedos de madeira, produtos naturais, café com mistura, venda de vinis, antiguidades e muito mais.

Discotecagem

A Feirinha terá  discotecagem durante todo o dia com o melhor do MPB, rock blues e jazz, com Nelo Casagrande.

Produção independente

A Feirinha de Artes e Artesanato é uma realização independente que iniciou em março de 2017 com o objetivo de reunir um panorama da produção em artesanato na cidade de Lages ocupando a praça Joca Neves que se encontrava ociosa e assim promover um espaço de encontro da população lageana com a produção em artesanato  aliado a apresentações artísticas em teatro, música, contação de histórias, literatura e artes plásticas.

 

Com informações

Marcio Machado

#BM3ComunicaçãoCriativa

Viemos para Lages para trabalhar, diz Gilson Berneck

Em seu pronunciamento, na noite de terça-feira (06), quando da assinatura do protocolo para instalação de uma segunda unidade da Berneck em Santa Catarina, o diretor presidente do grupo, empresário Gilson Berneck disse que “nós viemos para Lages para trabalhar”.

Pulinho em Curitibanos

Além da sua sede, em Araucária (PR), a empresa tem unidade em Curitibanos (SC). Aliás, tanto o governador Colombo, quanto o prefeito Ceron disseram que “se alguém tem dúvidas da vinda da Berneck, que dê um pulinho ali em Curitibanos para conhecer a empresa…”.

#BM3ComunicaçãoCriativa

Um milhão de campo para Berneck

A prefeitura é a principal interessada na instalação da Berneck, pois está pagando em “suaves prestações mensais” a área de 160,0ha do Distrito Industrial de Índios

O famoso termo que o lageano usa no seu cotidiano para expressar se algum fazendeiro é rico ou “remediado”, é perguntar quantos milhões de campo possui.

O Governo do Estado anuncia que está investindo 3,32 milhões na compra de imóvel para instalação da Berneck. Somadas, as áreas têm 576 mil m² e 339 m², perfazendo a soma de 915 mil metros quadrados, ou seja, quase o famoso Milhão de Campo.

Assim, só resta acompanhar a instalação da empresa, que de acordo com o pronunciamento do prefeito Ceron, na mensagem ao Legislativo na segunda-feira, irá gerar 550 empregos diretos.

Área de 160,0 ha de Índios

E sobre o terreno, quem deve acreditar mesmo é a própria prefeitura que já paga uma prestação de R$ 60 mil/mês para a SC Par, referente a área de 160,0 há (160 hectare) ou 1,6 milhão de m² no Distrito Industrial de índios, e que está lá, servindo de pasto para o gado dos vizinhos.

 

#BM3ComunicaçãoCriativa

A recuperação tecnológica de Lages

A Serra Catarinense teve 11 projetos aprovados no Sinapse da Inovação, e Lages foi a 3ª cidade com mais projetos aprovados, ficando atrás apenas de Joinville e Florianópolis.

E vale destacar o avanço, graças a uma série de fatores, desde os cursos superiores de Ciência da Computação e a implantação do Órion Parque Tecnológico.

.

.

Com informações:

Claiton Camargo de Souza/Órion Parque

Empresário lageano gerando emprego e renda

Rainwald Muller abre duas franquias da Oi (Lages e Tubarão), gerando 11 vagas de trabalho. Isso sem falar na ImagemTV, a webtv, que é o futuro da televisão no mundo, com imagens no smartphone

Tem gente que passa o dia diante do Facebook fazendo piadinhas. Tem gente que tem espírito empreendedor, que vai à luta, cria empresas e gera oportunidades de trabalho, como é o caso do empresário Rainwald Muller.

Muller era cinegrafista da TV Planalto (SCC), e hoje é dono da ImagemTV. Era cliente da TIM e hoje tem uma rede de lojas da operadora Oi.

Rede de lojas Oi

E mesmo diante da crise econômica de 2017, que quase quebrou o país, Muller não desanimou e investiu forte. Tanto que na próxima quarta-feira (07) inaugura uma nova loja da Oi na Rua Nereu Ramos, e no dia seguinte estará em Tubarão, para inauguração de uma loja naquela cidade.

Gerando emprego e renda

Mas é muito pouco, pois são apenas 11 empregos, sete em Lages e quatro em Tubarão. “Pode até ser poucas vagas, mas é uma empresa lageana, que vai pagar aluguel, que vai pagar impostos e vai continuar investindo em Lages. O dinheiro não irá para a matriz, como nas grandes empresas, que apenas dão as oportunidades de trabalho”, salienta o empresário”.

 

#BM3ComunicaçãoCriativa

Congresso Cidades Digitais em Lages

Inscrições abertas para o 3º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, em Lages

Nos dias 19 e 20 de abril, Lages sedia o 3º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, evento gratuito para gestores públicos, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura Municipal de Lages. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo http://redecidadedigital.com.br

A escolha de Lages

Lages vem se destacando pelos investimentos voltados para desburocratização dos processos e fomento à inovação. Entre as ações estão a criação do primeiro parque tecnológico de Santa Catarina, a implantação de grande infraestrutura de rede em fibra óptica e o Programa Lages Cidade Empreendedora.

Serviço:

3º Congresso Catarinense de Cidades Digitais

Lages – 19 e 20 de abril

Inscrições gratuitas para servidores públicos:

http://redecidadedigital.com.br

Informações pelo congresso@redecidadedigital.com.br ou pelo (41)3015-6812

Lages quer empresa aberta em 5 dias

Nesta quarta-feira o prefeito em exercício Juliano Polese assinou decreto regulamentando o Lages Mais Simples

Trata-se da versão municipal de uma lei estadual como foco na desburocratização, permitindo assim a agilidade na criação de empresas em tempo recorde, já que a média é de 119 dias.

Atividades de baixa probabilidade de risco de incêndio e baixo potencial poluidor estão entre aquelas beneficiadas com a medida que acelera procedimentos para abertura de empresas.

Secretário de Desenvolvimento econômico, Mário Hoeller, secretário da Fazenda, Antônio Arruda e o Procurador Agnelo Miranda acompanharam o prefeito Polese na assinatura do decreto que regulamentou a lei sobre o Lages Mais Simples.

.

.

#BM3ComunicaçãoCriativa

Economia reage e Berneck investe 1,2 bi em Lages

Na edição deste final de semana (27/28), o Diário Catarinense destaca na página de Economia a manchete: “Lages receberá 1,2 bi (Um Milhão e Duzentos Milhões) em investimentos”

Diz a matéria:

O grupo paranaense Berneck vai construir mais uma fábrica em Santa Catarina. Em fevereiro, o governador Raimundo Colombo e o secretário de Desenvolvimento Economico e Sustentavel de Santa Catarina, Carlos Chiodini, anunciam oficialmente o investimento de 1,2 bilhão na nova unidade da companhia. O empreendimento será erguido em Lages e deverá abrir mil empregos diretos. As informações são do secretário Chiodini, dada à Conexão Econômica, durante evento da Femusc, em Jaraguá do Sul, na quinta à noite.

Desde 2015

A intenção da Berneck em abrir uma unidade em Lages não é recente (Maio/2015). Porém quando estava praticamente chegando, a economia brasileira estagnou e os planos de expansão foram engavetados. Como parece que o trem da economia voltou novamente a andar nos trilhos do desenvolvimento, o governador Raimundo Colombo tem dado informações “a conta-gotas”, sobre um grande investimento na cidade.

06 fevereiro

Quem estava no Aeroporto de Correia Pinto no dia 18 último, ouviu o governador falar no final do seu discurso, quando disse que estará em Lages no dia 06 de fevereiro para anunciar a instalação e início das obras de uma grande empresa.

Maldade ou burrice nos números da Iluminação Pública?

Edson Varela deu nos dedos de quem não soube ler o processo de licitação da iluminação pública, e chamou de “pecadinho”. Eu chamaria de saco de maldade ou veneno de Naja quem fez tamanha “confusão” de números.

Edson esmiúça nos mínimos detalhes o contrato e explica didaticamente como é possível economizar, o que aconteceu realmente:

Um montão

Matematicamente foi feito um processo licitatório para gastar menos com manutenção que aqueles R$ 2 milhões mensais que se gastava. Para tanto basta pegar os R$ 6.876.672,84 e dividi-los por 5 anos. Teremos o montante anual bem inferior a R$ 2 milhões, ou seja, R$ 1.375.334,00.

Fiscalização

Claro que nesta realidade mais modesta de gasto com a iluminação pública é pertinente que tanto os vereadores quanto órgãos externos (o próprio Observatório Social) fiquem de olho e fiscalizem. Até porque fiscalizar é um dever sagrado, mas inventar números antecipando que um contrato de R$ 2 milhões está passando para R$ 7 milhões é um “pecadinho”.

Fiscalização e Conselho Contribuinte em novas instalações

Foi oficialmente entregue nesta quinta-feira (25), embora já estivesse atendendo desde o início da semana, as novas instalações da Fiscalização Tributária e Conselho de Contribuintes de Lages

O órgão, diretamente vinculado a Secretaria da Fazenda, passou a atender em amplo espaço, com um ganho de área de 50%, em relação ao endereço anterior, na Rua Nereu Ramos, Edifício Centenário.

E segundo as palavras do diretor de Fiscalização Tributária, Alexandre Martins, “com um objetivo claro e específico, que aliás é o lema da administração Ceron e Juliano, ou seja, atender bem ao cidadão”.

E realmente pelo que acompanhamos, tudo ficou impecavelmente organizado, desde a recepção até a Sala de Auditores. “Inclusive existe a possibilidade do setor de IPTU vir para cá num futuro próximo”, comentou o diretor Alexandre Martins.

#BM3ComunicaçãoCriativa

Business Park tem reunião agendada 29 janeiro

Na próxima segunda-feira dia 29, está agendada uma reunião  entre os assessores jurídicos do Grupo Koch e a Procuradoria Geral do Município (Progem), para bater o martelo sobre alguns trâmites que ainda faltam para começar a construção do Parque Industrial. O andamento está dentro do cronograma esperado do Grupo Koch.

E para os desinformados, vale ressaltar que a reunião estava marcada mesmo do recesso de Natal e férias coletivas da Prefeitura, no mês de janeiro.

Sindicato Taxistas diz que “Uber não se cria em Lages”

Lages é uma das poucas cidades de porte médio que ainda não tem o serviço de transporte de passageiros Uber. Assim como nas demais cidades onde esse serviço já é oferecido, existe a “rixa” com os taxistas, que se sentem ameaçados, enquanto a população aguarda com interesse, principalmente pelo preço cobrado.

Autorização

O presidente do Sindicato dos Condutores Autônomos de Serviços Rodoviários, ou Sindicato dos Taxistas, Orlando Moreira, em entrevista ao programa #pontoDOC desta quarta-feira (06), foi taxativo: eles não vão se criar em Lages. Para que o Uber opere legalmente, é necessário uma lei municipal, aprovada pela Câmara de Vereadores.

Duas leis para o mesmo queijo

Surgiu um questionamento quando da divulgação pelo governo do Estado, de que foi sancionada a lei do queijo na terça-feira, 16, e publicada no Diário Oficial a lei número 17.486, de autoria do deputado estadual João Amin

Estadual

Portanto, essa é uma lei que vale para todos os municípios catarinenses, já que uma lei semelhante, porém válida especificamente para a Serra Catarinense já havia sido aprovada.

Serra Catarinense

A lei do deputado Gabriel Ribeiro (de 2016 e regulamentada em agosto de 2017) é específica para os 18 municípios serranos e resgata 250 anos de história, que vem dos tropeiros, na formação de municípios serranos.

A lei do João Amin foi elaborada no ano passado e é muito semelhante tecnicamente a do Gabriel. Basicamente, amplia para o resto do Estado o direito de se elaborar queijo a partir do leite cru.

Queijo Artesanal Serrano

É um produto vinculado aos territórios da Serra Catarinense e aos Campos de Cima da Serra no Rio Grande do Sul. Artesanal, de pequena escala, fabricado com o leite cru integral da propriedade, tendo como base de alimentação as pastagens nativas.

Lei do João

A lei do deputado João Amin e que foi sancionada agora é mais ampla, regulamenta a atividade de forma mais abrangente. Não trata de um produto que pelo seu processo de cura e produção fica especificado como “Queijo Serrano”.

Serra da Canastra

Detalhe é que ambas se baseiam na lei que regulamentou a nomenclatura dos queijos da Serra da Canastra, de Minas Gerais.

 

 

PROCON: onde tem MAIOR e MENOR preço de material escolar

O Procon de Lages realizou nos dias 15 e 16 deste, a pesquisa de material escolar 2018. Foram 72 itens pesquisados em 7 estabelecimentos. Na referida pesquisa foi identificado o preço médio por produto, bem como a diferença de preço “a maior” em comparativo com o menor valor em termos percentuais.

Diferenças

Um dos dados que mais chamam a atenção refere-se à diferença de 566% no preço da unidade da régua plástica de 30 centímetros entre os locais que comercializam o produto.

“Diferentemente da pesquisa tradicional e mensal de produtos básicos, em que se verifica o menor preço praticado por estabelecimento, independentemente de marca, nesta pesquisa do material escolar, além do menor preço, observa-se o valor praticado em produtos da marca Faber-Castell, por ser uma referência nacional. A variação de preço pode estar ligada, entre outros fatores, à qualidade do produto”, pontua Júlio Borba, ao recomendar aos pais conversar com os filhos sobre a real necessidade de cada material, e tentar ir às compras sem as crianças, evitando aquisições por impulso.

A pesquisa completa pode ser acessada no link http://procon.lages.sc.gov.br/pesquisas

 

 

Fonte: Procon Lages

%d blogueiros gostam disto: