COLUNA DO MORTARI: A educação no trânsito passa longe

0
437

Já está mais do que provado que dirigir em Lages é um verdadeiro teste de sobrevivência. Nem falamos do trânsito e seus problemas que já são conhecidos desde que Lajens é Lages, da falta de sinal por parte de motoristas, do desrespeito às leis de trânsito, mas de seus (nós) motoristas.

Ontem (11/05), 07h30min da manhã e a Avenida Duque de Caxias estava com uma fila considerável – de praxe todos os dias, e eis que, naquela confusão (nem cito os que cochilam embaixo do semáforo), alguns motoqueiros vinham “costurando” os carros, gerando perigo para eles mesmos e totalmente errados.

Um deles, não contava com a presença de um agente de trânsito e foi parado, multado e “educado”. É assim mesmo que tem de ser. O trânsito é de todos e para todos, por essa questão, é necessário que tenhamos respeito com às regras e sinalizações, evitando desta forma, perigo constante e maiores problemas.

Nas redes sociais, é mais do que natural e rotineiro vermos todos os tipos de reclamações – do trânsito, da fiscalização, da blitz, mas o mais essencial que é o respeito, quase não se vê colocado em prática, e muitas vezes, por aqueles que fizeram e fazem das reclamações um mantra.

*ATENÇÃO: Esta coluna é de total responsabilidade de seu escritor.

Luciano Mortari – Jornalista
E-mail: lucianomortarium@gmail.com
Facebook: Luciano Mortari
Instagram: @luciano.mortari

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui