A proposta é da Autopista Planalto Sul, como medida compensatória. E quem ganha é a natureza

A Autopista Planalto Sul propôs ao Município o plantio de nada menos que entre 10 a 15 mil mudas de árvores nativas, espécies ameaçadas de extinção, no Parque Natural Municipal João José Teodoro da Costa Neto.

Será uma medida compensatória a impactos ambientais causados por obras rodoviárias executadas pela empresa concessionária da rodovia SC 116, que corta a Serra Catarinense, na ligação entre o Paraná e Rio Grande do Sul.

Para isso deverá ser celebrado acordo legal, sendo que uma reunião prévia já foi realizada e outras deverão acontecer, segundo o secretário de Meio Ambiente, Euclides Mecabô. E uma das próximas etapas será a avaliação do Parque, através de equipes técnicas.

Monitoramento por três anos

A empresa se compromete em arcar com todos os custos de mão de obra e material necessário ao cumprimento das medidas compensatórias, além de monitoramento por um período mínimo de três anos das áreas plantadas e ou recuperadas ambientalmente.

 

Fotos: Arquivo

#BM3ComunicaçãoCriativa

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here