Situação de Emergência em Lages devido à estiagem

1
299

Precipitação pluviométrica na região de Lages foi de 60% abaixo da média histórica, entre novembro e dezembro de 2021. O prefeito em exercício, Juliano Polese assinou o decreto que declara situação de Emergência no município em razão da estiagem

O documento considera que em Lages, no período entre novembro de 2021 a janeiro de 2022, observou-se um volume de chuva abaixo das médias históricas. Além disso, os levantamentos da Secretaria Municipal da Agricultura e Pesca e Epagri informam grandes perdas ocorridas na agropecuária em diferentes cadeias produtivas, tanto na produção de grãos (feijão, milho e soja), hortaliças, frutas, quanto na pecuária (gado de leite e gado de corte), com destaque para a falta de pastagens e a dificuldade de abastecimento de água para dessedentação dos animais e também para o consumo humano, na área rural.

Outro destaque é o boletim hidrometereológico da Defesa Civil do Estado que apresenta as condições hidrológicas dos rios no estado e mostra dados da distribuição de precipitação na região de Lages que foi de 60% abaixo da média histórica, entre novembro e dezembro de 2021.

Com o decreto está autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob orientação da Defesa Civil, nas ações de resposta e reabilitação dos efeitos causados pela estiagem.

Foto: Ary Barbosa
#BarãoOnline

1 COMENTÁRIO

  1. Saúde e bom senso como foco pri-mor-dial!
    E…
    Educação em 1º lugar!!
    Sim!
    Pena que tem tanto ladrão…

    Fugir via e-du-ca-ção! Eis a resposta de liberdade.

    Além disso, podemos dizer o seguinte: o Petismo, lula, dilmAnta são um estilo estético de tudo quando é breguice, baranguice cultural, cafonice sindical infiltrada no pensamento e na filosofia petistas. E, para completar, sem dúvida nenhuma: o Kitsch político constante que impera dento do Partido dos Trabalhadores. O PT tem um mau gosto enoooorme!

    Um projeto para educação hipócrita e fracoide (p’ra inglês ver). O PT é barango.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here