UNIFACVEST
 
STOK TOPO
 
Início Site

Não bastasse o vírus, ainda tem furtos e vandalimo na UPA

0

Já não bastava a pandemia mundial do coronavírus, e a população lageana ainda tem de aturar depredação, furtos e selvageria na UPA de Lages, como espalhar fezes nas paredes (educação se traz de casa)

Furto e vandalismo

Entre as situações flagradas no local estão o furto de assentos sanitários e de frascos de álcool em gel e sabonetes, fezes no chão do banheiro, além de objetos como pedras e absorventes que estavam obstruindo a tubulação

17 assentos

Somente neste mês de novembro, ao menos dez assentos sanitários precisaram ser repostos nos banheiros, após a constatação de que esses objetos foram furtados do local. Outra situação flagrada foi o sumiço de refis dos porta-sabonetes e álcool em gel, sendo que algumas embalagens, ainda cheias, foram encontradas dentro das lixeiras.

Retrato da educação

A equipe de higienização se deparou nos últimos dias com uma cena deplorável: fezes espalhadas no chão do banheiro. Em uma outra situação foi preciso acionar uma empresa especializada para desentupir os vasos sanitários.

83 mil pessoas

Para dar uma ideia do fluxo de pessoas que passam no local, entre 1º de janeiro deste ano até segunda-feira (23 de novembro), foram registrados 83.399 atendimentos pediátricos, adultos e odontológicos na UPA 24 Horas.

Educação se traz de berço

“Esse tipo de atitude de uma minoria mal-intencionada, prejudica o atendimento à população em geral, e causa prejuízo ao município, pois é o dinheiro público que foi usado para repor esses itens que foram furtados ou depredados” destaca o secretário da Saúde, Claiton Camargo de Souza.

Fonte: Saúde Lages

#BlogdoBarão

SC em alerta máximo

0

Novo mapa de risco mantém Amures como gravíssimo e tem apenas três regiões como grave

Esse novo mapa pode ser justificado pelo crescimento veloz de casos de contaminação, somado à ocupação recorde nos leitos de UTI em Santa Catarina. Desde o dia 22, a taxa de ocupação de leitos em Lages é de 100%

Novo mapa de risco da Secretaria de Estado da Saúde atualizado ontem (terça-feira, 24), manteve a região da Amures, composta por 18 município como em nível gravíssimo de contaminação do coronavírus.

Laranja/Grave

Estão em nível grave as regiões da Foz do Itajaí, Alto Uruguai e Extremo Oeste. Não há localidades em nível azul (moderado) ou amarelo (alto).

Vermelho/Gravíssimo

Além da Amures, estão avaliadas em nível vermelho (gravíssimo), as regiões Oeste, Xanxerê, Meio Oeste, Alto Vale do Rio do Peixe, Serra, Alto Vale do Itajaí, Planalto Norte, Nordeste, Médio Vale do Itajaí, Carbonífera, Extremo Sul e Grande Florianópolis.

 

Fonte: Governo SC / Saúde Lages

#BlogdoBarão

Bitrem carregado de toras se perde na curva no Rio Rufino

0

Um caminhão bitrem carregado com toras de madeira se perdeu numa curva na rodovia SC-112, (entre Rio Rufino e Urupema), na manhã desta terça-feira (24), tendo o motorista ficado preso nas ferragens, mas felizmente sem risco de morte

Guarnições do Corpo de Bombeiros de Urubici se deslocaram até o local para atendimento a uma saída de pista de um caminhão Bitrem carregado com toras de madeira, onde o motorista encontrava-se preso as ferragens.

O condutor, de 60 anos, estava na boleia do veículo Scania-440, placa de Otacílio Costa, a qual encontrava-se apenas com o membro inferior esquerdo preso.

 

Para o socorro foi necessário a utilização de duas retroescavadeiras que estavam próximas ao local. Logo após, o motorista foi encaminhado pelo ASU ao hospital de Bom Retiro, consciente e orientado com os sinais vitais estáveis e sem lesões aparentes.

Fonte: 5° Batalhão de Bombeiros Militar

#BlogdoBarão

Live SPA DO SORRISO com a Dra Gabriela Valiatti

0

Traumas, medos, ranger de dentes para ir ao dentista? Tudo isso será assunto da LIVE SPA DO SORRISO, com a Dra Gabriela Valiatti Rosa Daboit e Eduardo Ribeiro, fundador e consultor de marketing da Arconel.

A Dra Gabriela Valiatti Rosa, do Spa do Sorriso irá contar como ela conseguiu inovar no consultório odontológico com foco na experiência do cliente.

Será nesta quinta-feira, dia 26 de novembro, a partir das 18h no Instagram: @arconel_oficial

 

Assista em: @arconel_oficial

#BlogdoBarão

HTR: um canetaço da Daniela para entrar para a história

0

Seria um fato histórico se a governadora interina Daniela Reinehr mandasse chamar os profissionais do seletivo e abrisse o HTR de uma vez, já que o governador Moisés está com suas atenções concentradas na volta ao cargo.

Mas que seja a Daniela ou o Moisés, o fato é que a Serra implora para que o governo do Estado dê a atenção necessária para a saúde da população, colocando em funcionamento a nova torre do HTR, assim como está fazendo no Marieta (Itajaí) e no Hospital Regional do Oeste (Chapecó).

#BlogdoBarão

TSE nega recurso ao prefeito eleito de Anita Garibaldi

0

O Tribunal Superior Eleitoral em decisão monocrática do Ministro Luiz Salomão, no dia de ontem, 23 de novembro, negou recurso para a admissibilidade da candidatura do prefeito João Cidnei da Silva, de Anita Garibaldi. Ele venceu a eleição no município, mas seus votos estão sub judice.

Contas de 2018

Agora o candidato tem três dias para entrar com agravo de instrumento junto ao TSE. O motivo da impugnação da sua candidatura é a rejeição das contas do exercício de 2018.

Nova eleição

Caso se confirme a inelegibilidade de João Cidinei neste agravo de instrumento, deve haver nova eleição no município, e nesse período quem assume o comando do município é o presidente da Câmara.

 

#BlogdoBarão

 

Moisés pode voltar das férias?

0

Os 30 dias da gestão de Daniela Reinehr podem terminar na sexta-feira quando o Tribunal de Julgamento vota o processo de impeachment. Ela assumiu o governo de SC dia 27 de outubro e se Moisés for inocentado, será como um período de 30 dias de férias

Carlos Moisés da Silva está próximo de voltar ao comando do governo de Santa Catarina. Na próxima sexta-feira, 27 de novembro, o Tribunal de Julgamento do processo de impeachment da equiparação salarial volta a se reunir para decidir se afasta ou não Moisés definitivamente.

4 votos

Para voltar à cadeira, o governador afastado precisa de quatro votos, exatamente o mesmo número que se posicionou favoravelmente a ele na decisão sobre a admissibilidade do processo.

Cautela

Mesmo assim, o tom das pessoas do entorno do coronel da reserva dos Bombeiros é de cautela. Depois da votação de 27 de outubro, quando o cenário era pelo afastamento de governador e vice, a visão de que “tudo pode acontecer” ainda é continua viva.

Retorno ao cargo

A tendência hoje é de que entre 30 de novembro e 1º de dezembro Moisés seja notificado sobre o retorno ao cargo. O clima político e jurídico é favorável a ele. Dois dias antes, na quarta-feira (25), o Tribunal de Justiça (TJ-SC) discute o mérito da equiparação salarial dos procuradores.

Mesmo que o ato seja considerado ilegal, o que estará em jogo será o papel do governador na concessão do aumento, algo que os quatro desembargadores favoráveis a Moisés já entenderam que não ocorreu. A sessão derradeira desse processo de impeachment começa às 9h de sexta.

Segunda chance

Moisés terá uma segunda chance para governar. Ele ainda depende da votação do processo de impeachment dos respiradores, sem data para análise do Tribunal do Julgamento. Mas o clima político é favorável para arquivamento.

Os bastidores indicam que o governador voltará com uma forma diferente de articulação. Isso aponta, inclusive, para nomes conhecidos da política em cargos. Um deles é a Casa Civil, que Moisés não tinha um titular.

Um mês de férias

Na prática, será como se Moisés tivesse saído de férias. A vice-governadora, Daniela Reinehr, agora governadora interina, assumiu em 27 de outubro. Terá, caso se confirme a volta do governador afastado, 30 dias de gestão, pouco tempo para implementar um estilo de trabalho que gere resultados a curto, médio e longo prazos. Mudanças na equipes, portanto, foram pontuais e sem mexer na estrutura geral.

 

Fonte: NSCTotal/Anderson Silva

#BlogdoBarão

Volta às aulas nas escolas públicas

0

Justiça autoriza volta às aulas em escolas públicas das regiões de risco grave em SC

O desembargador Paulo Ricardo Bruschi atendeu ao pedido de reconsideração do governo de Santa Catarina e autorizou a volta às aulas na rede pública. A decisão libera que as regiões em risco grave, que estão na cor laranja do mapa da secretaria de Saúde, possam ter atividades escolares.

Sinte é contra

A decisão diz respeito apenas às escolas públicas do Estado, por ter sido o pedido de recurso feito pelo Sinte, que é o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado.

Para reconsiderar a determinação inicial, o desembargador afirmou o seguinte: “Diante da ausência de consenso científico acerca do impacto do fechamento ou da reabertura das escolas na transmissão comunitária do vírus SARS-CoV-2 (…) a análise judicial das medidas sanitárias estabelecidas pelo Estado de Santa Catarina para o retorno das aulas presenciais exige confrontação de estudos técnicos-científicos de entidades médicas e sanitárias, ou seja, provas pré-constituídas que não acompanharam a inicial.”

Particulares

No caso das escolas particulares, o governo catarinense já havia autorizado a volta no último sábado (21), por meio de uma portaria.

 

 

Fonte: NSCTotal

#BlogdoBarão

Ford Ka bate em caminhão com a morte da condutora

0

No final da tarde de segunda-feira (23), Bombeiros Voluntários de Campo Belo do Sul e SAMU atenderam um acidente na rodovia SC 390, próximo a Fazenda Manfredi, onde um For Ka com placas de Lages colidiu frontalmente com um Caminhão com placas de Tapejara/RS.

Bruna seguia no sentido Capão Alto/Campo Belo do Sul, tendo perdido o controle do pequeno veículo em uma curva e colidindo frontalmente com o caminhão Volkswagen, conduzido por G.F., 43 anos.

No local as esquipes contataram óbito da condutora do Ka, a jovem Bruna da Silva Borges, 30 anos. Seu corpo precisou ser removido das ferragens, enquanto o condutor do caminhão sofreu apenas ferimentos leves.

Fonte: Rádio Explosão e Notícia no Ato

#BlogdoBarão

Colisão de Kawasaky e Yamaha na SC 110 com dois mortos

0

Um grave acidente na manhã deste domingo (22), resultou na morte de dois motociclistas na SC-110, após um colisão de uma Kawasaki SXG 6 e uma Yamaha, próximo a entrada da localidade de Cruzeiro (cerca de 15km do centro de São Joaquim)

Um grupo de motociclistas de Capinzal/SC subiram a Serra e se dirigiam em direção a São Joaquim, quando em uma curva, a moto com placas de Taió/SC acabou espalhando na saída da curva e atingindo em cheio a moto que vinha em direção contrária.

 

Com a violência da colisão a Kawasaki pegou fogo e o motociclista teve o corpo completamente carbonizado. A caroneira foi arremessada cerca de 20 metros com politraumatistmo e levada pelos socorristas para o hospital de São Joaquim.

A moto Yamaha era pilotada por um homem de 47 anos, o qual foi arremessado cerca de aproximadamente 15m fora da pista de rolamento sem sinais vitais.

Obs: A rodovia SC-110 começa no centro de São Joaquim, passa por Urubici e segue até a 282 em Bom Retiro

Fonte: 5° Batalhão de Bombeiros Militar

São Joaquim Online

#BlogdoBarão

Nossa Senhora dos Sertões das Lagens e as Missões

0

“Nossa Senhora dos Sertões das Lagens” que nasceu em 22 de Novembro de 1766, quando Correia Pinto aqui chegou, fora gestada muito antes em Portugal com o objetivo claro de povoar a região e, se necessário, fazer frente aos vizinhos Castelhanos. Por luiz Antônio Ramos

O tratado de Tordesilhas entre Portugal e Espanha tornou o Brasil uma longa faixa de terra estreita na costa do oceano Atlântico. O Brasil precisava expandir-se e, por incentivo da Coroa Portuguesa, as Entradas, que eram incursões financiadas pela própria Coroa e, as Bandeiras que eram incursões financiadas por civis, passaram a desbravar estes sertões de meu Deus com outros dois objetivos claros: encontrar ouro e pedras preciosas e prear índios para o trabalho escravo.

A Espanha preocupada com estes avanços rumo ao sul e noroeste brasileiros buscaram os padres da Companhia de Jesus, já instalados em Assunción no Paraguai, e acordaram a instalação de Missões não somente no Paraguai mas também onde hoje é Mato Grosso, Paraná, Argentina e Rio Grande do Sul.

Assim, ao longo dos rios Paraná, Paraguai, Paranapanema e Uruguai, que nasce em Urubici, estima-se terem havido aproximadamente 48 reduções, também chamadas de Povos, Doutrinas ou Missões. Embora nem todas se desenvolvessem, algumas chegaram a ter mais de 10.000 habitantes.

Mário Simon, estudioso do assunto divide a incursão jesuítica no Rio Grande do Sul em dois ciclos. O primeiro vai de 1626 a 1637/38, onze ou doze anos apenas, e inicia-se com a fundação da redução de São Nicolau pelo padre Roque Gonzales de Santa cruz. Outras dezessete espalharam-se pelos campos gaúchos.

Este primeiro ciclo encerrou-se pelas constantes investidas dos Bandeirantes. Entre eles, Raposo Tavares, Fernão Dias Paes Leme e Jerônimo Coelho, que vinham de São Paulo, aprisionavam e levavam os índios como escravos. Todas as Missões foram abandonadas havendo um vácuo de aproximadamente 50 anos entre este momento e o início do segundo ciclo com a fundação da Redução de São Francisco de Borja em 1682.

Até então, e nestes quase 50 anos entre um ciclo e outro, as geadas aqui na serra catarinense eram solitárias e se estendiam enormemente por sobre estas coxilhas do planalto para derreterem-se aos poucos, por pura preguiça.

E sem a menor pressa aguardavam a manhã seguinte, ou a outra, ou a outra…  Ou até que Deus se quedasse e lhes oferecessem novamente as condições que queriam para cobrir o verde novamente.

Havia apenas um silêncio de ausência antecipada… Do tropeiro e do gado chimarrão ou missioneiro; do tio Miraldo, lageano véio algazarrento dos bons; do carismático Morô com sua bombachinha puída e uma rifa na mão; do ilustre Nereu Ramos; e dos versos doces e autênticos do poeta Ramiro Amorim.

Não por muito tempo…  Do outro lado do Pelotão multiplicava-se o gado abandonado a própria sorte pelos missioneiros do primeiro ciclo formando-se as Baquerias ou Vacarias… Do Mar, da Serra e a vizinha dos Pinhais que abasteceriam, juntamente com muares, as Minas Gerais, o centro consumidor da época devido a descoberta do ouro, e por aqui passariam por anos, nos forjando a estampa de legítimos tropeiros.

O morro do Juca, no inverno, ciumento como sempre, segurava o sol até não poder mais para soltá-lo somente quando percebesse o Carahá encarangado bravo e reclamão.
Como se pode perceber, o Sul já apresentava um movimento que despertaria cada vez mais o interesse das Coroas Portuguesa e Espanhola.

Em 1728, por ordem do governador de S. Paulo Antônio da Silva Caldeira Pimentel o “Sargento-Mor das vizinhanças do Rio Grande e seus Sertões” Francisco de Souza Faria começaria os trabalhos de abertura do “Caminho dos Conventos”.

Em 1731 Cristóvão Pereira de Abreu, Tropeiro conhecedor da região, também por ordem do Governador de S. Paulo, retificou o percurso. Após subir a serra, desviou para os lados de onde mais tarde seria conhecido como Campo das Lagens tornando o caminho muito mais curto. O caminho completo retificado ficou conhecido por “Estrada Real” ou “Caminho do Sertão” ou ainda “Caminho das Tropas”.

Transcrição do início do capítulo 3 A FUNDAÇÃO página 40 de O Continente das Lagens do historiador lageano Licurgo Costa: “Quando em 1765, Dom Luiz Antônio de Souza Botelho e Mourão, Morgado de Mateus, chegou a Santos para assumir a Capitania de São Paulo, recém restaurada, além de ordens expressas para estimular o seu povoamento, trouxe de Lisboa, aprovada pelo Rei Dom José I e pelo seu poderoso Primeiro Ministro, Conde de Oeiras, depois Marques de Pombal, a incumbência especial de fundar uma “Póvoa” ou duas, no extremo sul de seu território, limite presumível com os Castelhanos, a fim de, no caso de uma tentativa de invasão, poder oferecer a resistência inicial aos “confinantes” “.

Como se percebe, a nossa “Nossa senhora dos sertões das Lagens” que nasceu em 22 de Novembro de 1766, quando Correia Pinto aqui chegou, fora gestada muito antes em Portugal com o objetivo claro de povoar a região e, se necessário, fazer frente aos vizinhos Castelhanos.

Parabéns às Lagens – Pelos seus 254 anos!
Texto: Luiz Antônio Ramos

===========
#BlogdoBarão

Parabéns minha amada Lages

0

Neste domingo, 22 de Novembro, Lages comemora seus 254 anos de fundação.

No tempo dos poetas era conhecida como a Prncesa da Serra, e agora, nos dias atuais, chamada pela galera de “Lajaika City”.

Mas para mim, filho dessa terra que amo tanto, és simplesmente o melhor lugar do mundo.

Parabéns a todos os lageanos de nascimento e aos de adoção!

 

Foto: Euclides Mecabô

#BlogdoBarão

Somente urgência e emergência nas UBSs

1

Diante do expressivo aumento de casos confirmados do Covid-19 e da elevação dos índices de ocupação de leitos de enfermaria e UTI, algumas medidas preventivas serão adotadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para evitar a disseminação do vírus

Somente urgência e emergência

A partir de segunda-feira (23) os atendimentos que estavam agendados estarão suspensos, inicialmente por uma semana. As 27 UBS permanecerão abertas das 7h às 19h, de segunda-feira a sexta-feira, exclusivamente para atendimentos de urgência e emergência, mediante protocolo de estratificação de risco.

Suspensão de serviços

A diretora de Atenção Básica, Francine Formiga, explica que os pacientes que estavam com procedimentos agendados, serão remarcados. “Vamos suspender temporariamente as consultas médicas e odontológicas, coleta de preventivo, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite. Nesses casos os profissionais das Unidades Básicas de Saúde, entrarão em contato com cada paciente que estava agendado, para informar, assim que possível, as novas datas de realização dos procedimentos”, esclarece.

Gestantes

A exceção ficará para o grupo das gestantes, que continuarão tendo o acompanhamento das esquipes de saúde da família na UBS de referência. Já as visitas presenciais dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) também serão suspensas, mas os profissionais estarão em constante contato com os pacientes através do telefone.

Fonte: Saúde Lages
#BlogdoBarão

Comendo muito bem no Sabores de Lages, até 10/12

0

Mais de 30 estabelecimentos de Lages participam do festival gastronômico Sabores de Lages apresentando o melhor da gastronomia local a preços especiais, que segue até dia 10 de dezembro

Esta é uma edição especial em comemoração aos 254 anos de Lages, e por conta disso, cada um dos pratos participantes receberam nomes relacionados a pontos turísticos, lendas e outras referências ao município.

Preços

Mais de 30 estabelecimentos estão disponibilizando mais de 30 pratos inéditos elaborados pelos melhores restaurantes da Serra Catarinense a preços bastante acessíveis: R$ 19,90, R$ 29,90 e R$ 39,90. Os pratos estarão disponíveis para consumo no local e através de pedidos pelo aplicativo O Delivery.

Até 10 dezembro

O festival que teve início na sexta feira e segue até o dia 10 de dezembro, tem como propósito valorizar a culinária local com pratos que levam uma identidade gastronômica de Lages.

Selo

Além de saborear as delicias gastronômicas, quem juntar seis selos de diferentes restaurantes poderá trocá-los por um lindo kit para frios personalizado.

Mais informações: https://www.festivalsaboresdelages.com.br/

Redes Sociais: @festivalsaboresdelages

#BlogdoBarão