Saudação nazista: basta, SC merece respeito

1
1328

Santa Catarina tem sofrido constantes ataques, por parte da mídia nacional, com informações distorcidas e mentirosas atribuindo ao povo catarinense suposto apoio a manifestações fascistas e até nazistas.

São notícias falsas com motivações ideológicas que tentam desconstruir a nossa boa imagem. Porém, algumas manifestações passam dos limites e tomam proporções criminosas.

Não podemos assistir passivamente discursos de ódio contra os catarinenses. Somos um Estado ordeiro, pacífico, construído por muitas etnias, por imigrantes de vários continentes, que se destaca pelo trabalho de muitas gerações, inclusive por imigrantes que fugiram de regimes autoritários e que encontram no solo catarinense um lugar para viver em liberdade.

O mais recente ataque veio da colunista da “Folha de S.Paulo”, Giovana Madalosso, de uma tradicional família curitibana, que durante visita a Urubici, na Serra Catarinense, viu na inscrição Heil, nos telhados de casas de aluguel, uma saudação nazista.

Heil é o sobrenome de uma tradicional família do Vale do Itajaí. E o proprietário dos imóveis fez a inscrição do sobrenome nos telhados para identificar as suas propriedades.

Em seu texto no jornal, que foi cúmplice na desinformação, a colunista afirmou que “69% do eleitorado do Estado votou em um fascista”, generalizando e ofendendo todos os eleitores do ex-presidente Bolsonaro.

Ela expôs sua revolta contra os catarinenses por terem escolhido um candidato diferente da sua preferência ideológica. Trata-se de uma demonstração inequívoca de militância, sem compromisso com a ética do bom jornalismo.

É difícil de acreditar que, um jornal de circulação nacional, tenha endossado uma publicação tão irresponsável, tão leviana. Nosso Estado está acima desses ataques rasteiros de grupos serviçais e hipócritas.

Os catarinenses merecem respeito

É revoltante que a grande imprensa possa atacar e mentir à vontade, alimentando o divisionismo, semeando o ódio. Ao contrário, a mídia regional exerce seu ofício com responsabilidade, com seriedade.

Reconhece o valor da boa informação e combate o mau jornalismo praticado por veículos como a “Folha de S.Paulo” e outros representantes da imprensa nacional. A mídia regional defende os interesses dos catarinenses porque está em sintonia com o cidadão, diariamente.

Quem conhece Santa Catarina sabe que os turistas aqui são recebidos de braços abertos. Inclusive a jornalista que visitou Urubici e que descobriu simbologia nazista em um tradicional sobrenome de origem germânica. Porém, a fake news que produziu merece total repúdio dos catarinenses por se tratar de um atentado contra a verdade.

Editorial do Jornal ND

editorial-nazismo-da-folha-de-sao-paulo.pdf

×

Opinião ND, quarta-feira, 24 maio 2023

 

 

@baraoonline

1 COMENTÁRIO

  1. O Editorial dessa Jornazista, que são por ideologia de esquerda. Deveriam estudar um pouquinho mais, já seria possível a qualquer indivíduo com um neurônio, saber que as famílias descendentes de europeus que vivem na Santa e Bela Catarina, e em outros estados tem nomes diferentes.
    Madalosso deve ser descendente de Italianos e assim poderíamos dizer que são deveras Facistas, adeptos do regime de Musdolini.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui