Sapecada no rádio

2
3059

Como sempre faço, quando não vou no Parque para assistir a Sapecada da Canção Nativa, gosto de ouvir pelo rádio

Band FM

O que não é surpresa, novamente, é a transmissão da Band FM, com seu professor Claudio Roberto e convidados, que neste ano teve Toninho Goulart nas reportagens e os comentários de Aldo Camargo (patrão do CTG Garrão de Potro). Foi uma verdadeira aula de conhecimento do tradicionalismo, em todos os sentidos, desde a dissecação dos versos até a origens dos ritmos. Enquanto isso, na “coxia” da Sapecada, ouvíamos as histórias da turma da “prateleira de cima” dos festivais nativistas, que não se cansam de rasgar elogios à Sapecada.

Clube FM

Ficou devendo, em que pese o esforço do comunicador, cantor, e animador Eder Goulart.  Foi tanto que no domingo teve de largar a transmissão para ir no palco se apresentar. Como a rádio líder do Ibope, deveria ter um timaço na transmissão. Ressalte-se na coxia, o excelente trabalho do Claudio Pereira, que na segunda foi feito pela Adriana Gautério.

101 FM

Senti falta do Tchê Lagoa e para compensar, a 101 entrou no “pool” da TV Câmara, junto com os canais da Prefeitura. Um bom trabalho do apresentador Reginaldo Heine, do historiador Paulinho Guazzeli e da jornalista Debora Bombílio. E como detalhe, faltou a “pilcha” do índio véio…

RC7

Não pega no rádio da minha casa.

 

 

Fotos: divulgação

#BarãonaFesta

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui