Operação Sodalitas Finis, do Gaeco

0
626

GAECO deflagra operação “Sodalitas Finis” para desarticular uma das maiores organizações criminosas em atividade no Estado

Na manhã desta terça-feira (22), estão sendo cumpridos de 74 mandados de prisão preventiva, 5 mandados de prisão temporária e 97 mandados de busca e apreensão, em diversas cidades do Estado de SC e RS.

O GAECO deflagrou a Operação “Sodalitas Finis”, com o objetivo principal de desarticular uma das maiores organizações criminosas em atividade no Estado.

Estão sendo cumpridos de 74 mandados de prisão preventiva, 5 mandados de prisão temporária e 97 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Poder Judiciário.

Lages

As ordens judiciais são cumpridas por um efetivo de 470 integrantes das Polícias Civil, Militar, Penal, Rodoviária Federal, Batalhão de Aviação da Polícia Militar (BAPM) de Lages e Serviço Aeropolicial de Fronteira – SAERFron de Chapecó. A Polícia Científica e a Guarda Municipal de Chapecó também prestam apoio à operação.

Os fatos são investigados em procedimento investigatório criminal (PIC) instaurado pela 2ª Promotoria da Comarca de Xaxim, que busca apurar a ocorrência de organização criminosa e diversos outros crimes.

Cidades onde estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão e mandados de prisão: Xaxim, Chapecó, Xanxerê, Águas de Chapecó, Campos Novos, Catanduvas, Coronel Freitas, Formosa do Sul, Joaçaba, Caçador, Barra Velha, Biguaçu, Blumenau, Itajaí, Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Lages, Ponte Alta, Penha, Tubarão, Venancio Aires/RS e Lajeado/RS.

 

Fonte: Comunicação MPSC

#BarãoOnline

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui