Sem folga, Defesa Civil atua no resgate de atingidos

0
493

Mais de 200 pessoas foram afetadas por inundações, enxurradas, deslizamentos de terras, queda de residências e destelhamentos em 19 bairros de Lages

A equipe da Defesa Civil de Lages continua atendendo aos chamados da população atingida pelos temporais que castigam Santa Catarina nos últimos dias. Neste sábado (18) foram realizados resgates de barco de pessoas ilhadas em suas residências que foram tomadas pela água nos bairros Caça e Tiro, Habitação, parte do Bom Jesus e Universitário. O nível do rio chegou a 6.43 metros, segundo dados computados às 12h deste sábado, e acabou transbordando nestes locais.

32.6mm nas últimas 24h

Segundo relatório da Defesa Civil, as fortes chuvas, que iniciaram por volta das 4h30 da madrugada de sexta-feira (17). Na manhã de sábado o nível do rio já havia subido mais de um metro, causando transtornos à população que mora próximo aos pontos mais críticos de transbordamento. O acumulado de chuva, entre sexta e sábado, foi de 32.6 milímetros nas últimas 24h.

Situação de Emergência

A cheia ocasionou inundações, alagamentos, deslizamentos de terras e enxurradas nas áreas urbanas do município de Lages. Em decorrência do grande volume de água, combinado com a precariedade do sistema de drenagem de águas pluviais, o temporal com chuvas volumosas resultou em significativos danos e prejuízos para o município, que declarou Situação de Emergência.

98 atendimentos

A Defesa Civil Municipal realizou, até o momento, 98 atendimentos à população atingida em decorrência de enxurradas, deslizamentos de terra, quedas de muro, quedas de árvores, casa em situação de risco, entre outras situações adversas.

19 bairros atingidos

Ao todo, 19 bairros registraram ocorrências e precisaram do auxílio: Dom Daniel, Gethal, Guarujá, Habitação, Ponte Grande, Sagrado coração de Jesus, Universitário, Vila Maria, Vila Nova, Santo Antônio, Ferrovia, Centro, Passo Fundo, São Sebastião, Tributo, Jardim Celina, Pró-Morar, Loteamento Gralha Azul e o bairro São Luiz.

232 pessoas afetadas

Aproximadamente 232 pessoas foram afetadas por inundações, enxurradas, deslizamentos de terras, queda de residências e destelhamentos. A Prefeitura de Lages ativou o abrigo do Centro Pop para receber nove pessoas que ficaram desalojadas nesta sexta-feira, sendo que duas permanecem no local. Cerca de 58 pessoas foram levadas a casa de parentes e oito animais de estimação foram resgatados.

 

Quatro interdições

Foram realizadas quatro interdições de residências que ofereciam riscos às famílias. Uma delas no bairro Santo Antônio, devido a um deslizamento de terra e queda de muro que atingiu parte da casa. Outras duas residências foram interditadas parcialmente no bairro Guarujá, uma por movimento de massa do córrego e outra por comprometer a estrutura. Outra casa teve parte de sua estrutura comprometida devido ao movimento de solo, no bairro Santa Helena.

 

Fonte: Defesa Civil/Comunicação Social

Fotos: Nilton Wolff

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui