Programa Peixe na Mesa realiza segunda entrega de alevinos

0
398

O projeto do secretário da Agricultura e Pesca, Ozair Polaco é ousado e inovador ao incentivar a produção de peixe nas propriedades de Lages e região

Lançado em dezembro de 2023, o Programa Peixe na Mesa promoveu a entrega de uma nova remessa com aproximadamente dois mil alevinos de variadas espécies, entre as quais, exemplares de tilápia, jundiá, carpa capim, carpa húngara e cat fish, a mais de 20 piscicultores de regiões urbana e rural do município de Lages que possuem açude ou tanque em sua propriedade, como Índios, Macacos e Rancho de Tábuas, no fim da manhã desta terça-feira (6), no Horto Municipal do Bairro Guarujá.

Os objetivos do Programa são estimular o uso total das propriedades e impulsionar o aumento da renda financeira das famílias que vivem no campo, ofertando fatores condicionantes para o progresso na área rural. Pioneira na Serra Catarinense, a mobilização servirá de modelo para implantação em outras cidades da Amures.

Atualmente, 90 produtores estão no Programa Peixe na Mesa. Piscicultores interessados em receber os alevinos devem efetuar seu cadastro na Secretaria da Agricultura e Pesca.

A estrutura do criatório foi instalada no Horto do Bairro Guarujá em uma área coberta de 576 m2 e consiste em sete tanques, cada qual com capacidade para cinco mil litros de água. Os peixes estão nos tanques há pouco mais de dois meses.

Hortaliças

Este Programa envolve um sistema de aquaponia, com criação de peixe associada ao cultivo hidropônico de hortaliças com alto potencial de desenvolvimento devido justamente à estratégia adotada, como alface dos tipos americana, lisa, crespa e mimosa; chicória lisa, e mostarda. Existem quatro mil mudas plantadas sob as estufas.

R$ 10, o quilo

O Programa intenta a criação de peixes no Horto Municipal do Bairro Guarujá para doação a produtores com o intuito de posterior comercialização em feiras nos bairros pela metade do preço comparado ao de mercado, ao valor de R$ 10 por quilo, instigando o incremento à renda das famílias. Para tal, dois tanques de cinco mil litros, cada um, foram reservados somente para a criação de tilápias.

Feiras nos bairros

A partir do início de março deste ano de 2024 serão realizadas feiras mensais nos bairros para a venda dos peixes produzidos no Horto Municipal. Os produtores terão acesso aos peixes a cada 40 dias.

Fonte: Agricultura Lages
#BarãoOnline

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui