Como está o momento político na cidade

1
1756

Não ficando nas informações da rádio corredor e nem nos disque-disque, e faltando seis meses para a eleição de 6 de Outubro, a leitura que fazemos hoje dá conta que:

MDB – O ex-prefeito Elizeu Mattos está na estada desde o ano passado, afirmando por diversas vezes com conversa com este colunista, que deseja retornar ao Paço. Tem pesquisa interna que não dá dois dígitos para Elizeu, o que sinceramente não acreditamos.

Cidadania – A deputada federal e secretária de Estado da Saúde foi colocada na condição de pré-candidata pelo governador Jorginho, para derrotar Colombo na terra dele. Mas consta que está vindo contra sua vontade, já que ela gosta mesmo é do debate na Câmara Federal.

União Brasil – O nome do Procurador de Justiça Lio Marin é a carta na manga do grupo pessedista liderados por Ceron e Colombo. O que se aguarda é o lançamento oficial de sua candidatura, tida como um nome forte, apesar de ainda não ser conhecido por todo o eleitorado.

Liberal – Curiosamente o PL (partido de Bolsonaro e Jorginho) não tem um candidato, podendo sair de suas fileiras o vice para Carmen. Mas está difícil achar alguém que seja do agrado da secretária, que já descartou todos até agora.

Progressistas – O nome do vice Juliano Polese sempre é citado como o nome forte do PP, porém o partido obedece ordens do senador Esperidião Amin, que anda de “chamego” com Jorginho Melo.

Podemos – O deputado Lucas Neves se fortaleceu enquanto deputado e tem aparecido bastante na mídia, inclusive seguindo a cartilha das “memes”, comendo pastel e tomando chimarrão. Também não se decidiu se continua deputado ou se aventura em nova campanha. Nas pesquisas internas só fica atrás da deputada.

Novo – O comunicador Ricardo Cordova tem feito seus comentários bastante ácidos em seus programas da sua rádio em cima da atual administração. Ainda não se sabe se será candidato, mas o curioso é que ao invés de se apresentar como um novo líder, tem optado por ser como uma bergamota azeda.

Partido dos Trabalhadores – O PT nunca foi forte em Lages, mas sempre consegue eleger um vereador. Na ultima eleição presidencial Lula somou surpreendentes 32 mil votos, mas não de petistas e sim de eleitores que não simpatizam com Bolsonaro. Assim, de olho nessa massa, a advogada Claudia Bratti quer ser candidata.

Fotos: reprodução/redes sociais
#BarãoOnline

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui