COLUNA DO MORTARI: Se você tiver vocação, vai se dar bem

0
289

Não ia falar, mas vou falar.

Volta e meia, estudantes e brasileiros são surpreendidos por greves das mais diferentes ordens e categorias. Educação, bancária, funcionalismo público e saúde estão entre às que mais fazem atos de protesto.

Dentre os temas, o salário é o que mais se sobressai. Diante disso, vem a pergunta: Mas, se conhecias o salário oferecido, porque foi se inscrever? A resposta, pode até não contentar e deixar muita gente de beiço, mas é a pura e simples estabilidade, a estabilidade que todos querem, aquela pro ‘resto da vida’.

É essa estabilidade que corrói. Nem falemos aqui de tudo e muito mais que todos os funcionários merecem – concursados, comissionados e trabalhadores de empresas privadas, mas falemos de vocação, de se doar e de gostar realmentedo que faz.

Você já se perguntou qual sua vocação? Se não o fez essa pergunta ainda, trate de fazer e descobrir, senão você vai parar numa sala de aula, num consultório ou em qualquer outro lugar, onde o salário oferecido será sempre pouco para uma vocação onde você não faz o menor sentido.

Já diz o ditado… “Quando você trabalha só pelo dinheiro, ganhe o que ganhar será sempre mal pago”.

É isso, nada de novo.

Voltamos na próxima semana sempre em nome da UNIFACVEST e da PLANALTO CORRETORA DE SEGUROS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui