Paçoca de Pinhão e Ponche são os preferidos no Recanto

0
223

A Festa do Pinhão é um festival de música e gastronomia, e não é diferente no Recanto, onde o público tem shows com artistas locais e pode se deliciar com pratos à base de Pinhão

Como previu a meteorologia, as temperaturas despencaram no final de semana, e nada melhor do que se alimentar bem, aproveitando a variedade de pratos típicos do Inverno, somado a bebidas quentes que são oferecidos pelas entidades beneficentes que ‘tocam’ os boxes de alimentação do Recanto.

São oito entidades, cuja renda é revertida para suas ações sociais, e onde os trabalhadores são os voluntários dessas associações, e que atendem a todos com um sorriso contagiante e fazem questão de destacar seus cardápios, onde coincidentemente o preferido do grande público é a Paçoca e o Ponche.

Merengue

Na Associação dos Deficientes Físicos (ASDEF), não é diferente, com destaque para o Ponche e a Paçoca, “onde nosso segredo é o tempero”, ressalta a cozinheira chefe, Tia Eva. E ela conta que no Ponche, o segredo é o Merengue (à base de suspiro, um pouco mais mole). Também tem o Quentão, que não leva as claras de ovos, apenas o Vinho Suave, Cravo, Canela e Gengibre. Já para a Paçoca, o ‘segredinho’ é a banha, mais o Bacon bem gordo, carne de porco moída e sal. Ainda na banca da ASDEF um dos clientes, o Pedro Salim, morador do bairro Vila Mariza, degustava um Ponche sem Álcool, tendo como acompanhamento uma porção de Paçoca.

Turista de Campo Mourão

Já no box da Associação Lageana de Assistência ao Menor (ALAM), uma turista vinda de Campo Mourão (Noroeste do PR), que chegou um dia antes para a Festa, e cedinho já estava no Recanto. Ela conta que não conhece a maioria dos pratos, mas experimentou um Empadão de Pinhão, o qual achou maravilhoso. “Hoje quero comer esses tão falados pratos que são a Paçoca e o Entrevero, pois estou com água na boca só de ver o pessoal comendo”, complementa.

Chantilly com Baunilha

Ainda na barraca da ALAM, o cozinheiro chefe Luiz Carlos Pflger ressalta que o prato preferido do público é o Pastel de Paçoca. “Mas também temos o famoso Entrevero, que aliás poucos vendem aqui no Recanto a não ser nós. Isso sem falar no nosso Ponche, que tem um segredo, que é o Vinho Bordô Suave, que é acrescido de açúcar, cravo e canela, além da cobertura com Chantilly com baunilha, que é um segredo nosso e não podemos contar como se prepara”.

Coxinha de Paçoca

No box da Associação de Pais e Amigos dos Surdos – APAS, a cozinheira Juliana ressalta a parceria que fizeram para ter na vitrine o famoso pastel da Ina. E tem pastel de diversos ingredientes, inclusive o Pastel de Pizza, além da novidade que é a Coxinha de Paçoca. “Aqui na APAS os produtos mais vendidos são o Pastel, a Paçoca e o Ponche, que aliás temos também sem álcool, que é muito procurado pelos motoristas e abstêmios”, ressalta Juliana. Ela complementa destacando que tem também o cachorro-quente especial, que leva como cobertura a Paçoca”.

Creps da Adevips

A cozinheira Maria Guedes, da banca da ADEVIPS (Associação dos Deficientes Visuais), conta que o produto mais vendido é a sensação do Recanto, o Creps, que pode ter recheio doce ou salgado. E quem estava experimentando era o Otávio, da equipe de produção da NSCTV, que como bom gaúcho, disse que seu prato favorito é o Entrevero.

Família Lageana

Quem estava no Recanto com a filha era a lageana Aline Bragnollo, degustando uma porção de Paçoca, com um copo de Ponche. “Eu não podia ficar em casa nesse sábado especial, que apesar do frio, pareceu perfeito para trazer minha filha para passear aqui no Recanto, local que eu adoro para fazer um lanche, e aproveitar hoje que tem o Jornal do Almoço”, comentou.

 

 

 

Texto: Milton Barão

Fotos: Fábio Pavan

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui