Deboche do deputado Ivan Naatz sobre o plantio de pinus

6
1462

O deputado blumenauense Ivan Naatz voltou à tribuna da Alesc para debochar dos vereadores Gerson e Robertinho, sobre sua proposta de proibir plantio de Pinus na Coxilha Rica

Está na hora dos deputados Lucas e Marcius e mais os vereadores mandarem o Ivan Naatz cuidar dos marrecos da da Oktober.

E uma perguntinha: qual foi o valor destinado à Lages através de suas emendas?

Entenda o caso

Pronunciamento vereador Gerson
No final do mês de maio de 2024, fomos surpreendidos pelo projeto de lei protocolado pelo Deputado Estadual Ivan Naatz, que pretende estabelecer a proibição de reflorestamento com árvores da espécie Pinus elliottii em toda a Coxilha Rica, sob pena de aplicação de multas, interdições de atividades e outras medidas a serem aplicadas após fiscalização do órgão ambiental competente.

O vereador Gerson reivindicou na Sessão desta terça-feira (18), aos Deputados Estaduais Lucas Neves, Marcius Machado, Mário Mota e Mauro de Nadal, providências urgentes para rejeição do tal Projeto de Lei, que caso seja aprovado, trará enormes prejuízos para Lages e toda Serra Catarinense, uma vez que afetará de maneira drástica toda cadeia produtiva da madeira, fator essencial no desenvolvimento da região.

“É inacreditável e irresponsável a existência de um projeto desses, pois a madeira em nossa região gera milhares de postos de trabalho, sejam eles no plantio, no corte, no transporte ou no beneficiamento da mesma, merecendo ênfase a operação de grandes, médias e pequenas empresas localizadas em Lages, Otacílio Costa e Correia Pinto que tem suas produções diretamente ligadas aos reflorestamentos de pinus”, explicou Gerson.

“Não podemos e não vamos compactuar com este retrocesso econômico para Lages e região!”, ressaltou ele.

#BarãoOnline

6 COMENTÁRIOS

  1. Está corretíssimo o Deputado!!

    Quando uma verdade é dura, machuca alguns!!

    A coxilha rica é um patrimônio histórico e ambiental. Essa é a verdade incontestável!!

    Plante se pinus em qualquer lugar, mas na coxilha rica, não!!
    Quanto ao Vereadores, deviam olhar para os problemas da cidade, mas olham para seus umbigos…

  2. Deputado Ivan está certíssimo em olhar para os seus marrecos e também para o nosso bioma. Se permitirem, daqui a pouco não haverá Coxilha Rica e sim, um mar de pinus. Abram os olhos, vejam o que aconteceu em São Francisco de Paula.

  3. O Deputado não mentiu qdo fala na geração de empregos referente ao setor florestal. Região do planalto catarinense e norte do Estado, região de Mafra e Canoinhas, são as regiões mais pobres e menos desenvolvidas de SC. Curiosamente, são os polos do setor madeireiro de SC.
    Algo precisa ser revisto e o momento está aí, ainda mais em ano de eleição municipal.
    Espero que os vereadores citados, mostrem argumentos contra o posicionamento do Deputado e não apenas frases rasas para ganhar likes nas redes.

  4. Parabéns ao Deputado, precisamos ampliar essa discussão, a Região do Contestado é a mais pobre do Estado, primeiro veio a exploração da madeira de Lei, hoje pinnus empobrece a nossa região.

  5. Apoio total ao projeto do Deputado Ivan Naatz, que visa preservar a cultura, história, meio ambiente e as diversas atividades econômicas associadas principalmente à pecuária e ao turismo na Coxilha Rica, região que moldou a identidade do povo serrano. A aprovação desse projeto é para ontem!

    Posicionar-se contrário a esse projeto é o mesmo que defender a devastação dessa região em prol do lucro exacerbado de duas grandes multinacionais, com a desculpa da geração de empregos, sendo que nos plantios os empregos são na maioria precários, temporários e de baixos salários, ou seja, do jeito que o IDH baixo gosta, e isso sem falar dos impactos ambientais imensuráveis e da total descaracterização dos contextos históricos e culturais que a atividade da silvicultura está causando na região.

    E é importante deixar bem claro que em momento algum o projeto visa proibir plantações de pinus em outras regiões, propõe proibir apenas na Coxilha Rica, região que ocupa uma área ínfima no estado, o que na prática teria impacto também ínfimo no setor madeireiro.

  6. Parabens deputado vc me representa. A região da Coxilha Rica e uma das região mais bela do Brasil. Vamos preservar em quanto é tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui