Defendi a vida das crianças, diz Caio Salvino no Senado

1
1008

O Plenário do Senado debateu na segunda-feira (26), a obrigatoriedade da aplicação da vacina contra a covid-19 em crianças de 6 meses a 5 anos a partir de 2025.

Dentre os debatedores convidados, o professor e farmacêutico microbiologista Dr Caio Salvino, que tem se aprofundado sobre a questão das “vacinas”, termo que ele contesta (veja o vídeo)

O anúncio do Ministério da Saúde de que a imunização contra o coronavírus vai ser incorporada ao calendário vacinal do Programa Nacional de Imunizações levou o senador Eduardo Girão (CE), líder do Novo, a apresentar o requerimento para a sessão de debate temático.

Entre os convidados para o debate estava a ministra da Saúde, Nísia Trindade. Os senadores irão ouvir ainda a posição de outros profissionais da área, como médicos, farmacêuticos, virologistas e pesquisadores.

Dr Caio Salvino

A convite do senador Eduardo Girão – participei de uma audiência pública no Senado federal – na forma de debate – a respeito da obrigatoriedade do imunizante contra c-19 em bebês e crianças entre 6 meses e 5 anos. Aqui, defendi crianças independentemente da cor da camisa que vestem (vermelha ou verde-e-amarelo), ou da bandeira que carregam seus pais. Defendi a vida de todas as crianças do país”, afirmou. “Criança não tem posição política e nem sabe o que lhe faz bem ou mal. Criança não decide por si”, concluiu o Dr Caio Salvino.

Fonte: Agência Senado / Dr Caio Salvino
#BarãoOnline

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui