COLUNA DO MORTARI: Crianças, vocês precisam crescer

0
412

Santa Catarina voltou às manchetes nacionais. O crime com a pequena criança de três anos na cidade de Pomerode – aos pais da pequena o ranger de dentes, traz à baila a capacidade de pais – dos atuais, em cuidar dos filhos ou melhor, de ter filhos.

Luciano, a decisão é de cada um. Disso eu sei e o mundo está cansado de saber, mas o problema é que esses pais “novos” sabem qual decisão tomar? Sabem se estão preparados? Sabem o que querem?

Primeiro, porque meninas e meninos estão sendo pais muito cedo e novos demais, assumindo responsabilidades que não lhes é de conhecimento, sem ao menos ter “experimentado” a adolescência, os bons prazeres da vida, dos estudos, das festas e das demais peripécias que se faz nesse período e, segundo, porque essas meninas e meninos possuem pais e mães que, na maioria das vezes “passam a mão na cabeça” e assumem responsabilidades que nãos as possuem mais: cuidar dos netos.

Minha mãe dizia que, os avós são cavalos encilhados que Deus fez para os netos montarem e brincarem.

Trocando em miúdos, os avós servem para paparicar os netos, envelhecerem com o prazer do sorriso e, não para serem babás.

Mas é um passatempo para eles. Sim, é um passatempo num final de semana ou enquanto o pai e a mãe não chegam do trabalho, não para os filhos amanhecerem nas noitadas com os amigos, esquecendo assim dos seus compromissos.

Como diz o velho ditado: “… quem pariu Matheus que o embale”.

Menina, menino, estude e saiba quando é à sua hora – de ser pai ou mãe.

É isso. Nada de novo.

O nosso abraço pra você é sempre em nome da UNIFACVEST

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui